segunda-feira, 1 de abril de 2013

TEMA PARA REDAÇÃO


Texto 1: 


O corpo é um dos meios através dos quais nossa cultura se manifesta. Roupas, alimentos, gestos, rituais no lazer e no trabalho, se expressam na superfície simbólica de nosso corpo, onde também as regras, as hierarquias, as ideologias e as crenças estão inscritas. O corpo, pois, tem sua linguagem e se constitui numa metáfora da cultura na qual vivemos.
Mas ele não é somente um texto da cultura, é também objeto de controle social. Rotinas e regras convertidas em atividades habituais constroem nosso corpo e, reflexamente, o robotizam. Quais dóceis cães pavlovianos, reagimos sempre da mesma maneira diante dos mesmos estímulos.
Por meio da organização e regulação do tempo, espaço e da vida diária, somos treinados, modelados e marcados para desempenhar um papel conforme o momento histórico em que vivemos.
Especialmente com as mulheres, sempre foram dispensados mais tempo e cuidados no manejo de seus corpos, os quais, disciplinados e normatizados, tornaramse presa fácil de uma estratégia de controle social. Nos tempos atuais, de um narcisismo exacerbado e de uma cultura de imagens, a obsessiva preocupação com a aparência física afeta mais fortemente o sexo feminino, acentua e mantém o domínio falocrático e cristaliza as relações de poder entre os sexos.
Mas, assim como o corpo, também as doenças têm sua história. Influenciadas pelos modismos, são intensamente medicalizadas pelos progressos técnicos e comerciais da indústria farmacêutica, alterados seus diagnóstico e a terapêutica. Novas patologias foram criadas, sendo, algumas, puras elucubrações, elaboradas com propósitos diversos que não médicos. E, novamente, as mulheres são as mais envolvidas.
Como a bruxaria e as possessões demoníacas na Idade Média, a neurastenia e a histeria no século 19, em nosso século, a adolescência, a gestação, a menstruação, a menopausa, foram “adoecidas” e, portanto, tornaram-se passíveis de “tratamentos”.
Assim, vemos que, no passado como no presente, o “corpo sofredor” da mulher se inscreve numa construção ideológica da feminilidade, característica de cada período histórico. Portanto não apenas a ética social, a aparência física, a sexualidade, o vestuário, a alimentação, são política e ideologicamente conceitualizadas, mas as doenças e seus enfoques terapêuticos também o são.
A busca intensa de uma imagem corporal estereotipada e da perene juventude atormenta mais  as mulheres. E esses objetivos femininos são estabelecidos por especialistas que muscularizaram e masculinizaram o corpo feminino a tal ponto, que até os suaves e arredondados perfis corporais e certas manifestações fisiológicas próprias do gênero foram incluídas na lista de patologias.
As mulheres são as maiores consumidoras de produtos dietéticos e medicamentos, freqüentadoras de spas e academias de ginástica, objetos de técnicas e experiências de contracepção, de esterilização, de cirurgias plásticas e outras. Às quais, docilmente, se submetem.
Talvez não seja este o caminho para a autonomia feminina. Pois remodelar o corpo segundo padrões e desejos androcráticos não possibilita acesso ao poder e aos privilégios masculinos. Desejar sentir-se autônoma e livre, submetendo corpo e alma às escravizantes práticas corporais e sociais, resulta em servidão, não em rebelião e transformação de uma cultura que sempre tratou a mulher como um mero pássaro cativo e decorativo.
Franklin Cunha (Adapt.)

Texto 2:


Ai Que Saudades Da Amélia

Mario Lago

Nunca vi fazer tanta exigência
Nem fazer o que você me faz
Você não sabe o que é consciência
Nem vê que eu sou um pobre rapaz
Você só pensa em luxo e riqueza
Tudo que você vê você quer
Ai, meu Deus, que saudade da Amélia
Aquilo sim é que era mulher
Às vezes passava fome ao meu lado
E achava bonito não ter o que comer
E quando me via contrariado
Dizia: Meu filho, que se há de fazer
Amélia não tinha a menor vaidade
Amélia é que era mulher de verdade
Amélia não tinha a menor vaidade
Amélia é que era mulher de verdade
Antiga propaganda de produtos de limpeza.

Desconstruindo Amélia
Já é tarde, tudo está certo
Cada coisa posta em seu lugar
Filho dorme ela arruma o uniforme
Tudo pronto pra quando despertar
O ensejo a fez tão prendada
Ela foi educada pra cuidar e servir
De costume esquecia-se dela
Sempre a última a sair...
Disfarça e segue em frente
Todo dia até cansar
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Nem serva, nem objeto
Já não quer ser o outro
Hoje ela é um também
A despeito de tanto mestrado
Ganha menos que o namorado
E não entende porque
Tem talento de equilibrista
Ela é muita se você quer saber
Hoje aos 30 é melhor que aos 18
Nem Balzac poderia prever
Depois do lar, do trabalho e dos filhos
Ainda vai pra nigth ferver



Texto 3:



TEMA: Historicamente, as relações entre os gêneros masculino e feminino em nossa sociedade não se dão de forma equânime. Não obstante o senso comum de que houve avanços no sentido de igualdade entre ambos, vozes como a do texto de Franklin Cunha remetem-nos à discussão sobre a veracidade dessa autonomia da mulher na sociedade atual.
Com base nisso, redige um texto dissertativo-argumentativo acerca do seguinte tema:

 AUTONOMIA DA MULHER NA SOCIEDADE ATUAL: AVANÇO OU ILUSÃO?



28 comentários:

  1. Cara Larissa,
    não vim ao seu blog por motivos ligados ao Enem. Li uma matéria referente aos brasileiros aprovados em Havard este ano e fiquei muito feliz. Eu realmente me emociono com histórias de jovens dedicados aos estudos, à comunidade, que lutam por seus sonhos e conquistam o sucesso. Parabéns! Aproveite sua graduação ao máximo!

    ResponderExcluir
  2. Olá Larissa eu vi seu vídeo no Youtube e achei muito legal a sua iniciativa. E queria saber como faço pra enviar a minha redação pra você, se tem algum custo, etc..

    ResponderExcluir
  3. Oi Larissa Maranhão , tudo bem sou da Bahia e vi uma notícia sua na revista veja e fique muito feliz , são pessoas como você que nos da motivação e esperança para que o brasil seja um país melhor e para que tenhamos mais orgulho de ser brasileiros ! Parabéns você realmente deve merecer por tudo que está passando .

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa! Vim aqui parabenizá-la pelo êxito que você tem alcançado em sua vida! Continue sendo esse belo exemplo para nossos jovens e esperança por futuro melhor para o Brasil e Alagoas. Deixei um post em sua homenagem no meu blog. Abraços!!
      http://arteterapiaenegocios.blogspot.com.br/

      Obs: Editei a mensagem porque cometi um erro na anterior. :)

      Excluir
  5. Olá, Larissa.Enviei um e-mail para você, mas algum problema ocorreu e não pôde ser entregue.Segue, na íntegra, a mensagem:

    "Este e-mail não se refere ao seu site, mas sim à sua última grande conquista.
    Olha, confesso que só soube de sua existência pela matéria do site G1.Sou, sim, um fã instantâneo, portanto.
    Após ler toda matéria, fiquei maravilhado com sua história, especialmente pelos projetos filantrópicos aos quais você se dedicou, todos em nome da educação, segundo suas próprias palavras.Eu desejo ser educado ; então, nada mais óbvio do que nutrir sincera admiração por sua figura, especialmente após ler sobre sua empreitada pela Índia.Gesto belíssimo, ainda mais vindo de uma pessoa tão jovem.
    Desejo, de verdade, muito sucesso a você.Seu semblante ao exibir a carta de admissão me garantiu um sorriso, e, como dito, mais feliz por ver alguém com uma índole tão inspiradora conseguiu chegar lá - lá, aqui, significa muuuuuuuuuuuuito longe.

    PARABÉNS, menina!

    ResponderExcluir
  6. MUITO OBRIGADA MESMO PESSOAL!! Obrigada pelos comentários!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo enviar o e-mail com a redação. Dá erro =(

      Parabéns pelo projeto !

      Excluir
    2. Olá Lucas!! Você está mandando para larissa@projetored.com.br ??

      Abraços!!

      Excluir
    3. Oi Larrisa! Obrigado pela reposta rápida.

      Estou enviando para 2 e-mails:larissa@projetored.com.br e
      maranhaolarissa@yahoo.com

      Aparece o seguinte erro:

      "This is an automatically generated Delivery Status Notification

      THIS IS A WARNING MESSAGE ONLY.

      YOU DO NOT NEED TO RESEND YOUR MESSAGE.

      Delivery to the following recipient has been delayed:

      larissa@projetored.com.br

      Message will be retried for 2 more day(s)

      Technical details of temporary failure:
      The recipient server did not accept our requests to connect. Learn more at http://support.google.com/mail/bin/answer.py?answer=7720
      [(0) projetored.com.br. [174.133.19.18]:25: Connection timed out]

      ----- Original message -----

      DKIM-Signature: v=1; a=rsa-sha256; c=relaxed/relaxed;
      d=gmail.com; s=20120113;
      h=mime-version:x-received:date:message-id:subject:from:to
      :content-type;
      bh=eGlkcQj8fFVqm5WtfJGpvJE8xjcsNwUD8ZKL8xmiImw=;
      b=RNc5avDGlLnz27cpz9wSOVs5vvWmu+hvgrwTet34x/wD6HMwVMMpplOnFoK0Rvi/gM
      GIZSx0sHrWQF/5opojAPoXyizdHvEgv9MHWTaiWsYNvvVEPUg/lzafRzKrOv5LK9wHQw
      0zhAoNXTTxWRr3A+zie1vfN2qV0xO7gjKsXAWpcBSXv0+CsejY2GAyygQIxWU2Lf+chL
      WOKUYgUHKGekE9rdZrHLfo2Oz9eHJbhz8wSPYcQWbxRQoauJNYAgFCewLJv5InUtz5t3
      6Y3X3to8gpsTR3N1MD5t3yJIZ8PQZcQuNK55TBCnOlXXLHNXAPYoSjm7eG0gsop7Jmok
      wGrg==
      MIME-Version: 1.0
      X-Received: by 10.112.161.38 with SMTP id xp6mr1058463lbb.32.1365526677744;
      Tue, 09 Apr 2013 09:57:57 -0700 (PDT)
      Received: by 10.152.26.100 with HTTP; Tue, 9 Apr 2013 09:57:57 -0700 (PDT)
      Date: Tue, 9 Apr 2013 13:57:57 -0300
      Message-ID:
      Subject: =?ISO-8859-1?Q?Reda=E7=E3o_Projeto_RED?="

      Talvez tenha algo errado na hora de redirecionar o e-mail com o domínio próprio do Projeto Red.

      Excluir
    4. Que estranho... o que você acha que pode estar acontecendo?

      Abraços!! Qualquer coisa me avisa!!

      Excluir
    5. Dei uma pesquisada e encontrei a seguinte resposta:

      Esta mensagem de erro indica que tentamos estabelecer uma conexão com o servidor do seu destinatário mas não recebemos resposta. Algumas causas possíveis incluem o seguinte:

      O outro domínio não tem registros MX atualizados ou estes estão desconfigurados.
      O outro domínio está colocando mensagens do Gmail em uma lista negra ou cinza.
      O outro domínio está passando por problemas temporários de rede.
      Recomendamos que você entre em contato com o departamento de serviço a clientes do domínio do destinatário para obter mais instruções. Se você tiver recebido esta mensagem devolvida ao enviá-la para o seu domínio no Google Apps, consulte nossas instruções para configurar seus registros MX.

      Fonte: (http://support.google.com/mail/answer/7720)

      Larissa, caso não seja você que lida com a parte de TI, pede para o responsável checar os registros MX. Pelo que li nos comentários, não é só comigo que está dando erro ao enviar o e-mail.

      Abraços,

      Excluir
  7. Oi Larissa , eu mandei uma redação nesse e-mail alguns dias atrás... estou aguardando sua resposta :)

    Parabéns pela sua iniciativa, muito inspiradora *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Karoline!! : ) Já procurei o seu email e não estou encontrabdo :/ Você pode mandar mais uma vez? Faço a correção amanhã mesmo!! larissa@projetored.com.br : )

      Abraços!!

      Excluir
  8. Olá Larissa.
    Meu nome é Ana Luisa Guayer. Trabalho numa produtora. Estamos com um projeto sobre o Enem. E gostaríamos de contar com a sua ajuda.
    Como posso entrar em contato com você?
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana Luisa!! Muito legal!! Pode me mandar um email e a gente pode conversar por telefone. larissa@projetored.com.br : )

    ResponderExcluir
  10. O meu email está dando o mesmo problema do Lucas Rolim :/

    ResponderExcluir
  11. Meu email também está dando o mesmo problema.

    ResponderExcluir
  12. Nossa... vou descobrir o problema e resolver o mais rápido possível!!

    ResponderExcluir
  13. O email correto é larissa@projetored.com.br. O email do yahoo está travado.

    ResponderExcluir